DECOR | SPRING

inspspring5

Hoje começa a minha estação do ano preferida e por isso decidi fazer um post com as minhas inspirações de decoração. A primavera é aquela época do ano em que tudo fica mais bonito e colorido. O clima fica mais quente, as roupas mais frescas e já podemos guardar os cobertores e agasalhos e se preparar para o verão. É um momento de mudanças e de aproximação com a natureza, talvez sejam esses alguns dos motivos pelos quais eu gosto tanto desta estação.

inspspring4

inspspring3

inspspring2

inspspring1

Kimi no Na wa | Your name

kimi-no-na-wa-visual

Eleito por fãs japoneses como o segundo melhor anime desta temporada, Kimi no Na wa veio para ficar em nossos corações.

O filme conta a história de Mitsuba, uma aluna do ensino médio que vive no campo, mas sonha em ir para a cidade grande e Taki, um adolescente que vive em Tókio e trabalha por meio período em um restaurante italiano. As vidas destes personagens se cruzam após Mitsuba fazer um pedido para viver como um garoto de Tókio na próxima vida. Tão simples como mágica, eles começam a alternar seus corpos e acordar periodicamente um no corpo do outro. Mas, qual é o segredo por trás dessa história?

276_160406210725_4

É claro que algumas trapalhadas acontecem e dão um toque de comédia romântica ao filme, mas não é só isso. Kimi no Na wa nos faz sentir borboletas no estômago, apertos no coração e nos deixa, várias vezes, com um sorriso bobo no rosto.

Não posso falar muito da história para não estragar a sua experiência ao assisti-la, mas preciso dizer que você não pode perder a oportunidade de conhecê-la. Um cometa está se aproximando da Terra e isso só aconteceu a mil anos atrás. Você vai mesmo deixar de conferir isso?

kimi-no-na-wa

 

Pax – Sara Pennypacker

pax

Pax é um daqueles livros que quando você ouve sobre a sinopse já sabe que vai amá-lo. Definitivamente este foi um livro que não me decepcionou.

A história é sobre Pax, uma raposa, e Peter, o garotinho que o acolheu. O livro já começa nos emocionando. Peter é forçado pelo pai a abandonar Pax em uma floresta, já que por conta da guerra, o pai irá para combater e ele terá que viver com o avô. Mas, obviamente que não demora muito para Peter decida fugir de casa em busca de Pax.

Assim que a busca por Pax começa, Peter acaba se machucando e conta com a ajuda de Vola, uma veterana da guerra que tem muito o que ensinar ao garoto. Esta personagem traz ao livro uma carga emocional tão grande e tão linda que torna tudo muito real. Eu adorei a parceria e amizade entre Peter e Vola e me emocionei bastante com eles.

A narrativa deste livro é divida entre o Peter e o próprio Pax Então, enquanto Peter se recupera, Pax está tentando voltar pra casa e conhece Arrepiada, uma raposa e Miúdo, seu irmão. Ambos perderam os pais por um ser humano e por isso eles odeiam os humanos. Mesmo com este impasse, eles formam um pequeno grupo e Miúdo rouba a cena diversas vezes durante as passagens na floresta.

pax2

Essa narrativa alternada foi uma das coisas mais interessantes neste livro. Foi incrível acompanhar a história a partir da perspectiva de Pax. Algumas cenas revelaram coisas que passam despercebido aos nossos olhos humanos, como por exemplo, as perdas que uma guerra causa, nós costumamos pensar somente nas vidas humanas perdidas, mas não são só elas que perdemos. Diversos animais perdem a vida, há animais de estimação que são abandonados, causamos incêndios em florestas, poluímos rios, devastamos uma imensidão incalculável.

Preciso mencionar que a edição está um primor e as ilustrações deixam o livro ainda mais precioso. Pax é um poderoso conto sobre laços de amizade, perdas, família, conflitos e recomeços. Com absoluta certeza, este é um livro lindo e que deve ser lido por gerações.

selo_blogsparceiros_2016

Promoção: Kit de coisinhas lindas ♥

fullsizerender

 

Concorra a um super kit contendo:
📌Um livro de marcar filmes;
📌Um bloquinho de anotações;
📌Um boxy da Amazon (robozinho de montar);
📌Um cupom com um mês grátis de acesso no Ubook (site de audiobooks do Brasil);
📌 5 botons lindos e maravilhosos;
📌 Muitos e muitos marcadores;
📌E uma cartinha hahahahahaha.

Para concorrer, basta preencher este formulário aqui com os seus dados! Super fácil!!!

O sorteio será realizado no dia 12 de outubro de 2016!

A Sorte do Agora – Matthew Quick

sorte-do-agora

Eu realmente não sei por onde começar. Eu tenho um carinho especial por personagens excêntricos ou desajustados e Matthew Quick sempre me presenteia com alguns deles em seus livros. Seus personagens são memoráveis e extremamente peculiares. São aquelas pessoas que você não encontra em qualquer lugar, mas que existem e são muito mais próximas da nossa realidade.

Bartholomew Neil passou toda a sua vida cuidando de sua mãe. Agora, com quase 40 anos, ele é socialmente desajeitado e solitário. Após a morte de sua mãe, Bartholomew terá que enfrentar a realidade de sua existência sem a presença dela. E, ao arrumar os pertences da falecida, ele chega a uma carta do ator Richard Gere endereçada a ela. A partir daí, Bartholomew vê esta carta como um sinal e começa a escrever cartas para Richard Gere, que se torna seu confidente e “guru” pessoal.

 

a-sorte-do-agora-2

A Sorte do Agora é todo narrado em formato de cartas, em cada capítulo vamos conhecendo um pouco mais sobre a história do personagem principal. Este livro me apresentou a várias pessoas e eu sei que não vou esquecer qualquer um deles por um longo tempo. Quick tem o dom de criar momentos que são uma mistura de coisas – algo engraçado, triste, memorável, estranho, etc – e ele também quebra os moldes e os clichês. A forma como ele narra questões como a morte de um membro da família ou violência doméstica é única. Ele não simplifica as emoções ou as descaracteriza, você consegue mensurar tudo e entender os personagens e suas atitudes.

E por falar nos personagens, neste livro nos temos: Bartholomew Neil, o protagonista; Max – um amante de gatos que tem uma boca suja e acredita em alienígenas; Elizabeth – a irmã de Max e a mulher que Bartholomew quer pedir para sair para tomar uma cerveja e o padre McNamee – o lider religioso de Bartholomew. Eles formam um grupo totalmente improvável e maravilhosamente encantador.

Este é aquele tipo de livro que quando você começa a ler, ele exige que você o termine de uma vez. Não há um grande mistério ou questão levantada. Na verdade há diversas questões que vão sendo respondidas e amarradas em toda a história. É um livro engraçado, comovente e incrivelmente bem escrito. Quick sempre supera minhas expectativas e não foi diferente neste livro. Mal vejo a hora de ter em minhas mãos Perdão, Leonard Peacock; Love May Fail e Every Exquisite Thing, todos dele.

selo_blogsparceiros_2016